A decoração minimalista é uma tendência que se define na expressão “menos é mais”. A regra é selecionar móveis e objetos que são essenciais para o ambiente, excluindo os excessos. Entretanto, apesar de simples, é um estilo que requer cuidados, pois é preciso priorizar o conforto e a funcionalidade, mas sem perder a elegância de cada espaço.

Muitos consideram o minimalismo como um estilo de vida, já que um ambiente decorado com o mínimo possível e, consequentemente, limpo e organizado, transmite a sensação de tranquilidade — tão importante nos dias atuais.

Quer conhecer 5 dicas para aplicar a decoração minimalista na sua casa? Então, acompanhe este artigo!

1. Selecione móveis e objetos

A ideia é valorizar a qualidade e não a quantidade. Por isso, ao decorar qualquer espaço na sua casa, faça uma triagem dos móveis e objetos. Tente responder às perguntas:

  • São itens essenciais para esse ambiente?
  • Possuem alguma função ou valor afetivo?

Procure manter apenas aqueles que trazem conforto e são também funcionais. Concentre-se na ideia de um ambiente mais limpo, clean, mas nem por isso sem graça. É como se cada coisa estivesse em seu lugar.

Veja ainda se os móveis se adéquam realmente ao espaço. Por exemplo, uma sala pequena não combina com um sofá grande. Você pode investir em um sofá menor e em uma poltrona, por exemplo — desde que esses móveis atendam às necessidades das pessoas da casa.

2. Opte por tons neutros

As cores das paredes e dos móveis devem ser neutras. Priorize os tons branco, preto, marrom, palha ou cinza, brincando com essas cores ou ainda com formas geométricas simples.

O vidro é muito usado nessa composição e ele pode estar no tampo da mesa ou em espelhos pela casa.

As cortinas, os tapetes e a roupa de cama também seguem essa ideia de tons mais neutros. Mas antes de imaginar que a decoração minimalista vai deixar os ambientes da sua casa sem vida, leia o próximo tópico.

3. Destaque elementos

Os tons neutros ditam a decoração, mas você pode destacar alguns objetos e detalhes da decoração para deixar a casa mais alegre.

Invista em almofadas de cores mais fortes na sala de estar — ou em um objeto de arte como um quadro. Mas cuidado para não encher o ambiente com muitas cores, pois você pode causar uma poluição visual — o contrário do que prega o minimalismo.

Na bancada da cozinha, por exemplo, você pode colocar um eletrodoméstico colorido, que vai ter uma função e ser um item decorativo ao mesmo tempo.

4. Priorize a funcionalidade

Esqueça a ideia de muitos objetos ou móveis puramente decorativos em estantes e prateleiras. O estilo minimalista busca deixar os ambientes livres de “tralhas”.

Aposte em móveis multifuncionais, como camas que possuem gavetas e puffs-baú. Prefira os objetos que otimizam o espaço, ou seja, eles devem ter um tamanho adequado para o cômodo.

Por isso, para compor a decoração minimalista, seu ambiente deve estar, antes de tudo, organizado. Assim, é possível unir conforto, praticidade e bom gosto estético à decoração.

5. Invista na iluminação

A iluminação é peça-chave na decoração minimalista, por isso ela deve ser planejada em cada ambiente.

Como a simplicidade é a regra, invista na luz natural, mas também em objetos práticos, como uma luminária lateral para leitura ou em um lustre discreto no centro da mesa de jantar, o que vai proporcionar aconchego para a reunião de família e amigos na hora da refeição.

Pontos de luz ainda podem destacar alguns elementos do ambiente, como um objeto de design ou um quadro, compondo um ambiente harmônico com as paredes brancas e com os móveis neutros.

Viu como é possível fazer a decoração minimalista em qualquer ambiente da casa? É só desapegar daquilo que não é essencial e otimizar os espaços. Você deixará o lar mais agradável, organizado e confortável.

Gostou das nossas dicas de decoração? Acompanhe outros posts com ideias para sua casa seguindo a nossa página no Facebook e Instagram!