Independente do estilo de cada um, uma decoração com quadros combina com qualquer ambiente, pois eles trazem personalidade e um toque a mais ao espaço. Além de complementar o visual da casa juntamente com outros itens decorativos, eles são fáceis e práticos, podendo ser pinturas, fotografias ou até mesmo um pôsteres.

Sabemos que pendurá-los pode ser um desafio. Fatores como alinhamento, altura e proporção são alguns pontos que devem ser considerados nesse momento. Pensando nisso, reunimos aqui 5 dicas que te ajudarão a montar uma composição de quadros incrível. Confira!

1. Altura

A altura é um dos elementos mais importantes a ser considerado na hora de pendurar os quadros, do contrário, o ambiente poderá causar uma sensação estranha em quem visitá-lo. 

É recomendável que os quadros fiquem a uma altura de 160 cm do chão, pois isso permite uma boa visualização tanto por pessoas mais baixas, quanto pelas mais altas. Uma ótima ideia é usar a moldura de uma porta como referência, por exemplo. Os quadros nunca devem ser colocados acima dela.

2. Proporção

A proporção também é fundamental, pois ela será responsável por trazer equilíbrio para a decoração em relação aos outros elementos presentes no espaço. Portanto não negligencie esse aspecto!

As obras que você colocará na parede deverão ser proporcionais a ela. Se a parede for muito grande, um quadro pequeno não cairá bem, já uma sequência de vários deles pode ser agradável. O mesmo para as paredes muito pequenas: se optar por um quadro grande, a probabilidade de o ambiente ficar carregado é alta.

3. Alinhamento

O papel do alinhamento é deixar tudo “retinho”. Em outras palavras, um bom alinhamento mostra que os quadros pendurados não foram colocados ali desordenadamente e que eles ocupam determinada posição devido a um planejamento, mesmo que casual.

Ao contrário do que muitos pensam, os quadros não precisam ser do mesmo tamanho e forma para serem pendurados em conjunto, porém é crucial adotar um mesmo referencial na hora de fazer a composição. Alinhe todos por cima, ou por baixo; em paredes estreitas, alinhe pela direita ou pela esquerda; e nas escadas, acompanhe o alinhamento dos degraus.

4. Posicionamento em relação aos móveis

O posicionamento dos quadros em relação aos móveis também é fundamental, pois garante que tudo fique em harmonia. Do contrário, a impressão que se tem é de que a decoração está desleixada e inacabada.

Na hora de colocá-los na parede, a medida difere da padrão, de 160 cm. Se os quadros forem expostos acima de um sofá, essa distância deverá ser de 30 cm do encosto. Se for acima de uma cama, ele deverá ser pendurado a 60 cm do chão se não houver cabeceira ou a 20 cm dela, se houver.

Lembre-se também de que a composição deve ser maior ou do mesmo tamanho que o diâmetro do móvel, do contrário, ficará esteticamente estranho.

5. Valorização

De nada adianta investir em peças bonitas se elas não chamarem atenção de quem frequenta o espaço, não é verdade? É aí que entra a valorização, outro ponto importante quando se trata de decoração com quadros.

Para que a obra seja elevada a outro patamar, você deve valorizá-la com uma moldura, pois isso criará profundidade para a imagem e atrairá muitos olhares. Outra maneira é instalar pequenas lâmpadas direcionáveis no teto ou na própria parede voltadas para o quadro, assim você garante uma boa iluminação e boa visualização.

O design de uma casa não está completo se não há lindos quadros pendurados nas paredes dos ambientes. Esperamos que, quando chegar o momento de decorar, essas dicas te motivem a deixar seu lar ainda mais estiloso.

Lembre-se de que elas são apenas sugestões embasadas em princípios comuns, mas na sua casa quem manda é você!

Agora que você já sabe tudo sobre a decoração com quadros, que tal descobrir também quais os significados das cores na decoração?