Cada vez mais os imóveis nas grandes cidades se tornam compactos e os moradores têm que se virar para aproveitar pequenos cômodos de uma maneira inteligente e capaz de otimizar o espaço, não é mesmo? Apesar de parecer fácil, essa nem sempre é uma tarefa simples.

Você não precisa recorrer a modificações estruturais na residência nem ter gastos exorbitantes para resolver a questão. Com as 5 dicas práticas que reunimos neste post será possível dar uma cara nova ao imóvel e ter ambientes mais confortáveis e aconchegantes. Acompanhe!

1. Invista em móveis planejados

Sim, sabemos que na ânsia de decorar o lar, muita gente não resiste e acaba comprando móveis individuais para colocar na sala, na cozinha, nos quartos etc. Acontece que essa atitude não permite que você faça bom proveito da metragem dos ambientes e acabe abarrotando-os de coisas.

Em vez de ter cômodos aconchegantes e convidativos, você acaba com uma casa abafada e cheia de quinquilharia. Por isso, procure investir em uma mobília planejada — assim não há desperdício de espaço e as peças realmente vão atender às suas necessidades.

2. Coloque espelhos nos ambientes

Outra dica simples e eficaz para aproveitar pequenos cômodos do lar é colocar espelhos neles. Você pode, por exemplo, instalar um modelo ao final do corredor, nas portas do guarda-roupa do seu quarto, próximo à mesa na sala de jantar e por aí vai.

Os espelhos vão causar a sensação de amplitude e continuidade dos espaços, fazendo com que eles pareçam maiores do que realmente são. De quebra, eles ainda refletem a luz e ajudam a tornar os ambientes mais claros e iluminados.

3. Adote acessórios transparentes

Ao decorar a sua moradia, adote preferencialmente os acessórios transparentes — isto é, aqueles feitos de vidro e acrílico, por exemplo. No mercado você encontra opções que vão desde vasos e porta-retratos até cadeiras e mesas. Ou seja, dá para diversificar e usar a criatividade!

Com essa simples medida, a luz dos ambientes terá menos barreiras e vai atravessar as peças feitas com esse material. A partir disso, você, seus familiares e suas visitas vão conseguir ver o piso e o que está por trás de cada um desses itens — o que provoca a sensação de profundidade aos lugares em que eles estão.

4. Deixe o piso uniforme

Manter o piso de toda a moradia com um único revestimento também é uma ótima sugestão. Isso porque esse detalhe cria uma sensação de continuidade e unidade visual, justamente o oposto de quando você usa porcelanato para um lugar, cerâmica para um segundo cômodo e cimento queimado para outro — visto que eles criam divisões estéticas quando se “encontram”.

Ah, e você não precisa ter um orçamento enorme para isso! Ao contrário: você pode optar por um piso vinílico ou laminado de encaixe que tem um bom custo-benefício e é fácil de instalar.

5. Aposte em um bom projeto de iluminação

A iluminação pode ser dinâmica, diversificada e até mesmo contribuir para aproveitar pequenos cômodos. “Mas como isso é possível?”, você deve estar se perguntando. Bem, ao substituir lâmpadas comuns e de cor amarela por versões de LED e de cor branca em locais como cozinha, home office, banheiro e lavanderia, a sua percepção visual dos espaços é modificada.

Isso acontece porque os modelos LED, que podem ser inseridos em abajures ou em lustres, por exemplo, são mais eficientes e têm uma potência maior — o que contribui para diminuir a formação de sombras pelo local.

Gostou das nossas dicas práticas para aproveitar pequenos cômodos? Então inspire-se nelas para fazer as modificações necessárias na sua residência e deixá-la muito mais confortável e agradável para você e sua família!

Aproveite o tema do post e leia também como transformar uma varanda pequena!