Tendência na decoração, as cores estão cada vez mais presentes e não é só nos detalhes! Uma casa colorida transmite personalidade, ousadia e muito estilo — mas é preciso ter cuidado para não exagerar e criar ambientes pesados e cafonas.

Confira nossas dicas e saiba como montar sua décor cheia de cores, equilíbrio e bom gosto! Vamos juntos?

Aposte em combinações de tons neutros

A diversidade de cores traz aconchego e contemporaneidade para o ambiente. Porém, para alcançar a harmonia ideal, é preciso que sejam combinadas com tons neutros, como preto, branco, bege, cinza e chumbo  tonalidades discretas e muito versáteis.

Uma boa dica é investir em móveis maiores e paredes neutras. Assim, você poderá usar pontos de cor em outros itens, como sofás e poltronas, almofadas, tapetes, colchas, estantes, plantas, vasos e outros objetos de decoração.

Atente para a paleta de cores

Uma das maiores dificuldades na hora de decorar a casa colorida dos sonhos é definir a paleta de cores e criar composições que se equilibrem, independentemente do contraste. Separamos 3 exemplos de paletas para usar como inspiração!

Colorida monocromática

Essa combinação é feita a partir de uma cor do círculo cromático e suas variações de tonalidade (mais escuras ou claras). Um exemplo é a sobreposição vermelho/rosa/bordô.

A decoração colorida monocromática é a mais simples e, por isso, fácil de acertar. É ideal para ambientes pequenos, como banheiros — que correm o risco da sobrecarga de cor. Você também pode deixar o ambiente ainda mais bonito, escolhendo tons complementares para os objetos de bancada, como jogo de toalhas e itens decorativos.

Colorida com cores análogas

É criada a partir de cores próximas no círculo cromático. Por exemplo, se a cor base é o azul, podemos combiná-la com as cores vizinhas como o azul-esverdeado e o azul violeta.

No geral, são combinações de contraste médio, ideais para ambientes como cozinha e home office que, embora precisem de tranquilidade e atenção, são locais onde a composição monocromática não traria tanta vida.

Colorida com cores complementares

Essa é uma combinação de alto-contraste. Portanto, é preciso que as tonalidades escolhidas sejam bem equilibradas entre si. Para escolhê-las, usamos cores contrárias no círculo cromático. Veja alguns exemplos:

  • complementar básica: duas cores opostas no círculo — como amarelo e roxo;

  • complementar dividida: uma cor oposta e duas cores vizinhas. — laranja e amarelo (vizinhas), opostas ao azul. Essa combinação funciona muito bem em ambientes maiores.

Dica: escolha sua paleta de cores e use-a na hora de definir tanto as tintas quanto os móveis, almofadas e quadros. Ficará sofisticado e com uma pegada bem contemporânea.

Invista em uma boa iluminação

Independentemente do estilo da sua decoração, a iluminação é peça fundamental para o ambiente — sobretudo os mais coloridos, que podem parecer escuros ou sobrecarregados se não houver pontos de luz adequados.

O ideal é que os ambientes tenham mais de uma fonte de iluminação, seja natural com janelas (e então, use e abuse das cortinas e persianas para valorizá-la ainda mais) ou artificiais com abajures, plafons, arandelas, luzes embutidas, lustres etc. Dessa forma, o espaço continuará limpo e claro, e a cor se destacará.

O segredo para ter uma casa colorida, mas sem perder a sofisticação e elegância, está na dosagem certa das cores e elementos. Defina uma paleta e não abuse das estampas, formas geométricas e elementos coloridos na decoração. O ideal é que a cor seja a vida do ambiente — e os tons neutros servem para manter a harmonia. Equilíbrio e ousadia são as palavras de ordem para quem procura ambientes divertidos e cheios de estilo!

Gostou das nossas dicas? Siga nossas páginas nas redes sociais! Estamos no Facebook, Instagram, YouTube e Twitter! Acompanhe nossos perfis e fique por dentro de outras novidades do mundo décor para deixar sua casa ainda mais linda!