Você sabia que a utilização adequada da paleta de cores na decoração é capaz de transformar todo o ambiente? Além de deixar o cômodo mais bonito, elegante e moderno, os diferentes tons atuam no conforto que o espaço promove — e até na satisfação de permanecer no local. Entretanto, para que tudo isso aconteça, é importante que o ambiente esteja visualmente harmonioso.

Por isso, resolvemos mostrar no post de hoje algumas dicas infalíveis para que você acerte na escolha da paleta de cores para decorar o seu lar. Se você tem interesse no assunto, continue a leitura e saiba mais!

Tenha em mente um estilo de decoração

Provavelmente você já deve imaginar que a paleta de cores utilizada em sua casa deve combinar com o estilo de decoração do ambiente, não é verdade? Ao fazer a sua escolha dos tons, você já deve ter em mente qual é o estilo decorativo pretendido ao final dos procedimentos. Alguns exemplos são:

  • para um estilo mais moderno e descontraído, tons vibrantes e quentes são boas sugestões;

  • se o estilo for mais puxado para o lado romântico e vintage, os tons pastéis e mais claros, como o quartzo rosa, são as melhores pedidas;

  • se o estilo desejado for mais clean e minimalista, cores sóbrias e claras são boas opções, como cinza, bege e branco;

  • e se o estilo decorativo puxar mais para o lado rústico, tons terrosos e amadeirados são boas escolhas.

Trabalhe com a psicologia das cores

Ao escolher a paleta, também é importante conhecer o significado e os efeitos que as cores levam para o ambiente. Isso ocorre porque os diferentes tons são capazes de promover diferentes sensações às pessoas — e é interessante que essa “mensagem” combine com o cômodo.

Por exemplo: tons quentes e cores solares, como amarelo, laranja e vermelho, transmitem energia e estímulo e ficam muito bem na sala de estar ou em varandas e áreas externas. Já os tons de azul, especialmente os mais claros, transmitem serenidade, calma, equilíbrio e paz — o que pode ser uma boa escolha para o quarto do bebê ou para o home office.

Aproveite as cores complementares

Se você quer inovar e modernizar o ambiente, arriscando um pouco mais na decoração, essa é a dica perfeita. As cores complementares nada mais são do que os tons opostos que podem ser utilizados em conjunto, criando um contraste interessante e deixando a casa ainda mais bonita.

Azul e vermelho, por exemplo, são cores complementares que podem ser usadas. Nesse caso, uma cor deve predominar, enquanto a outra deve ser utilizada em detalhes e itens decorativos. Vale mencionar ainda que, geralmente, são utilizados tons frios e tons quentes juntos — desde que um deles se sobressaia em toda a decoração.

Considere os seus gostos pessoais

Por fim, é fundamental considerar as suas preferências pessoais, já que não adianta optar por uma paleta de cores que harmonize com a decoração, mas que não deixa você confortável no ambiente.

Por esse motivo, a nossa sugestão é que você liste as suas cores preferidas — e também aquelas que você não gosta de jeito nenhum, eliminando-as das possibilidades.

Depois, busque uma paleta selecionando diferentes tons das cores que realmente agradam e que, ao mesmo tempo, combinam com o espaço e com a decoração do ambiente.

Pronto, agora que você já sabe como escolher a paleta de cores na decoração de sua casa, aproveite as dicas e transforme os ambientes. Não se esqueça de que essa é uma maneira fácil e prática de incrementar a decoração de seu lar!

Gostou do artigo de hoje? Então curta a nossa página no Facebook, siga o nosso Twitter e Instagram e assine o nosso canal do Youtube para ficar por dentro de novos assuntos. Até mais!