Eles são a diversão das crianças e nossos melhores companheiros. Não é à toa que ter animais de estimação em apartamento é algo bastante comum. Porém, como diz o ditado, nem tudo são flores.

Afinal, ter um bichinho no lar requer cuidados especiais para evitar dores de cabeça com os vizinhos, manter a higiene e a organização em ordem e, claro, proporcionar o máximo de bem-estar para o pet. Por esse motivo, reunimos algumas dicas que vão lhe ajudar nessa tarefa diária. Acompanhe!

Adestre o seu pet

Ao decidir ter um animal em seu apartamento, é necessário que você e a sua família estejam dispostos a adestrá-lo. Isso porque condomínios muitas vezes têm regras específicas quanto à presença de bichos nos imóveis, especialmente em relação aos ruídos.

Logo, paciência e dedicação serão fundamentais para educar o pet para que ele faça as necessidades em um só canto e não latir com a presença de visitas em casa ou ao ouvir a campainha, por exemplo.

Reserve um espaço para ele

Fora a dica anterior, é fundamental que você reserve um espaço no apartamento para que o pet possa ficar mais à vontade, descansar e brincar — principalmente quando você estiver recebendo familiares e amigos.

Algumas opções são a varanda e a área de serviço. Nessas áreas você pode colocar a caminha, os recipientes de água e ração e os brinquedos que o animal mais gosta. Assim, ele não vai se sentir incomodado com a presença de outras pessoas na residência e todos ficarão mais tranquilos.

Forneça distrações

Animais sem opções de lazer costumam ficar entediados ou reagir constantemente ao que lhes chama a atenção no ambiente, como barulhos de chave, toque da campainha, som da porta batendo ou toque do interfone, como forma de distração.

Por esse motivo, busque entretê-lo com brinquedos, pelúcias e até jogos interativos que não só o distraiam, como também o divirtam ao longo do dia.

Adote tapetes higiênicos ou sanitários

Ao adestrar seu animal para fazer as necessidades em apenas um lugar, é de suma importância adotar itens como tapetes higiênicos e sanitários.

Isso porque esses acessórios concentram a urina e as fezes em uma única área, evitando que os dejetos fiquem expostos às crianças nos mais diferentes cômodos da casa. Alguns modelos, inclusive, são descartáveis para tornar a higienização do espaço ainda mais prática e otimizada.

Redobre a higiene local

Tanto o espaço reservado para  animais de estimação em apartamento como a área onde eles urinam e evacuam precisam ser diariamente higienizados para evitar a formação de odores que possam, inclusive, impregnar outros recintos do imóvel.

À primeira vista, pode até parecer exagero, mas acredite, não é. Esse cuidado com a limpeza do ambiente é essencial para garantir que seu lar esteja sempre organizado e agradável para a sua família.

Faça passeios diários com o pet

Por fim, não deixe de passear diariamente com o seu pet. Por mais breve que seja a caminhada, esses minutos servem como um exercício para o animal. Ou seja, ele trabalha a musculatura e a estrutura óssea, simultaneamente.

De quebra, esses passeios diminuem a ansiedade, o estresse e ajudam a minimizar a agressividade — comportamento comum quando um bichinho fica muito tempo confinado em um espaço pequeno e sem opção de circulação. Com os passeios diários, ele se torna mais sociável, disposto e feliz, o que diminui os latidos e os casos de hiperatividade.

Seguindo nossas dicas sobre como manter animais de estimação em apartamento, você vai evitar muita dor de cabeça. Por isso, não deixe de compartilhar nossas sugestões nas redes sociais com seus amigos que também têm um pet em casa!