Uma cama confortável é fundamental em um quarto, mas uma roupa de cama bonita faz toda a diferença na decoração. Além disso, nada melhor do que deitar em um lençol ou edredom macio e lisinho, não é mesmo?

Se você acha que precisa ficar comprando peças novas o tempo todo para conseguir o visual conservado, saiba que não é bem assim. Para fazer valer o seu investimento, veja alguns cuidados simples para manter suas peças de cama conservadas e lindas!

1. Separe antes de lavar

Na hora de lavar a roupa de cama, o ideal é separar as peças de acordo com suas características. Peças brancas devem ser lavadas separadamente das coloridas, por exemplo, e peças de algodão e poliéster também ficam separadas.

Isso evita que os seus lençóis e fronhas fiquem com as indesejáveis bolinhas que vêm do poliéster ou com manchas devido aos pigmentos de outra peça.

2. Siga todas as recomendações da etiqueta

Antes de sair jogando tudo na máquina ou no tanque, é fundamental saber as recomendações específicas de cada item.

As peças muito finas, delicadas e com detalhes e aplicações normalmente devem ser lavadas à mão, enquanto outras podem ir na máquina. Certas peças aceitam alvejantes e outras, não.

Por isso, para evitar que a lavagem seja um verdadeiro desastre para as suas peças, vale a pena ler as indicações na etiqueta.

3. Aja rápido se manchar ou sujar

O ideal é que sua roupa de cama seja lavada com frequência apenas para tirar as sujeiras naturalmente acumuladas, como o suor. O problema é que nem sempre isso é feito e imprevistos acontecem, afinal, todos estamos sujeitos a derrubar um pouco de molho ou de vinho sobre a roupa de cama.

Se isso acontecer, tenha calma e aja o mais rápido possível. Não deixe que a mancha seque no tecido e use produtos adequados para cada mancha. Quanto mais rápido você fizer isso, maiores são as chances de conseguir deixar as peças limpas novamente.

4. Evite a umidade na hora de guardar

Depois que a sua peça estiver pendurada no varal, é importante que ela não fique secando demais, mas que também não seja guardada úmida.

Esse tipo de atitude pode gerar mofo e ainda atrair traças, que adoram devorar as suas peças em um ambiente abafado e úmido.

Tenha sempre a certeza de que as peças estão bem secas, passe-as para tirar os amassados e guarde-as em um ambiente protegido.

5. Faça um rodízio de peças

Não adianta: quanto mais você usar a roupa de cama, mais desgastada ela fica. Isso acontece porque o atrito constante com o corpo e, principalmente, as lavagens em sequência vão enfraquecendo as fibras do tecido.

Para prolongar a vida útil das peças e melhorar sua conservação, vale a pena fazer um rodízio com os jogos de cama. Além de fazer com que o seu quarto tenha sempre uma cara nova, isso também ajuda a distribuir o desgaste por igual, tornando os conjuntos mais duráveis.

6. Compre peças de qualidade

Se você realmente quer peças conservadas e sempre lindas, não pode abrir mão da qualidade. Peças muito baratas têm preço mais baixo em função de qualidade e durabilidade inferiores.

Por outro lado, se você investe em uma peça com fibras resistentes e de qualidade, o resultado é uma roupa de cama que dura muito mais, sem que o seu trabalho precise aumentar. Sendo assim, dê preferência para peças que ofereçam mais qualidade e que vão ficar no seu quarto por muito mais tempo.

Não quer perder nenhuma outra dica? Então curta nossa página no Facebook e esteja sempre por dentro das novidades!