Escolher cortina para quarto é uma decisão importante não somente para a decoração do ambiente, mas para assegurar o conforto. Ficar em dúvida nesse momento é muito comum!

A cortina tem uma grande visibilidade no quarto, por isso tem um papel de destaque na decoração. Ao mesmo tempo, ela garante privacidade e controla a luminosidade.

Dessa maneira, é fundamental acertar na escolha, não é mesmo? Por isso, este post esclarecerá as principais dúvidas na hora de escolher a cortina para quarto. Confira!

1. Qual cor escolher?

Antes de mais nada, você precisa saber que ambientes decorados com cores leves e suaves transmitem maior tranquilidade, condição ideal para o descanso. 

Sendo assim, para privilegiar o seu sono, opte por tons claros ou pastéis na decoração em geral — como verde, azul, nude, bege ou cinza. As texturas suaves também são bem-vindas. Assim, as cortinas devem seguir a mesma orientação.

Claro que isso não é uma regra. Se você gosta de algo mais ousado, pode escolher um tom mais forte para esse item e criar contrastes com as paredes e móveis. Mas, lembre-se: quarto é lugar de relaxar e cores vibrantes podem trazer agitação e cansaço visual.

2. Qual o tecido ideal para lavar em casa?

Na rotina de limpeza da casa você pode aspirar as cortinas evitando o acúmulo de poeira. Entretanto, periodicamente, é necessário lavar as peças — especialmente em lares com pessoas alérgicas.

De maneira geral, os tecidos que podem ir à máquina são mais fáceis de lavar em casa, como o voil, o algodão pré-encolhido, o tergal e o poliéster. Use sabão em pó comum e evite centrifugar o tecido, pois isso pode danificá-lo. Um segredinho para que a cortina fique bem esticada é dependurá-la úmida e deixá-la secar naturalmente.

As cortinas com trama mais delicada, como as de linho, de shantung, de algodão puro, de seda ou aquelas em estilo romano devem ir para uma lavanderia especializada.

Já as persianas metálicas ou em madeira, os painéis, blecautes e rolôs em poliéster ou PVC são práticos, pois podem ser limpos com o espanador ou o aspirador, pano úmido e sabão neutro.

3. Como definir o modelo?

Para escolher a cortina perfeita, leve em consideração a personalidade de quem ocupa o quarto, a decoração existente e a função que se espera da cortina. 

Para ambientes mais sóbrios, as cores neutras e os tecidos mais sofisticados como a seda, o shantung, o linho, o veludo e o voil são ótimas opções. 

Se a ideia é criar um ambiente mais romântico ou provençal, os tecidos com detalhes e estampas ligadas à natureza são bem-vindos. Já as listras e texturas contribuem para um visual sofisticado.

Quer um quarto mais moderno e clean? Os rolôs, os painéis, as persianas e as cortinas romanas são excelentes alternativas. 

O ideal é criar composições entre tecidos grossos — ou o blecaute — e aqueles mais leves. Dessa forma, você tem a flexibilidade de deixar o ambiente escuro para dormir e aproveitar a luz natural durante o dia, sem perder a privacidade.

Varão ou trilho

O varão é um tubo com acabamentos laterais instalado logo acima da janela. Por si só, já é uma peça decorativa, e pode ser fabricado em madeira, plástico, ferro ou aço cromado. Nele, a cortina fica presa por argolas, o que torna mais fácil sua manutenção.

Já os trilhos são peças de alumínio fixadas no teto e podem ser únicos, duplos ou triplos, dependendo da composição da cortina. É comum embuti-los no forro de gesso ou usar cortineiros para um acabamento mais sofisticado.

4. Qual o tamanho adequado?

Cortinas em tecido ou painéis ficam mais elegantes com o comprimento do teto até o piso. Tome cuidado com a largura — deve haver uma sobra em torno de 20 cm de cada lado do vão, para assegurar a cobertura da luminosidade. Mas isso também não é uma regra, já que existem opções em varão sobre a janela que ficam lindas! Persianas, romanas e rolôs são instaladas no teto e ultrapassam um pouco o vão. Essa solução é ideal para ambientes pequenos, pois, além de ocuparem pouco espaço, é possível colocar móveis abaixo delas.

Agora que você já sabe os cuidados essenciais na escolha da cortina para quarto, que tal descobrir quais modelos usar no restante da casa?